Eu tô ficando é velho, não é doido não!

idades, crise, felicidades, prazeres, tempo e 30 anos.

A MULHER DE 30 ANOS

ilafox_30

A mulher de 30 anos me conquistou completamente. Mais do que o homem de 30 anos. O homem de 30 anos, na maioria das vezes, não teve que passar pelo que ela passou, então ele não carrega uma bagagem como a delas, e eu sou sempre interessado em saber o que as pessoas levam em suas bagagens. Não para saber o que tem ali, mas para ver o que fez decidir levar aquilo consigo e o que fez descartar as outras coisas.

A mulher de 30 anos é linda, pois ela já tem tempo de se arrumar. Ela não mais o tempo de vida contado como a ninfetinha ensandecida que bota um short rasgado e a blusinha manchada do tempo do colégio. Não! Ela sabe onde estão suas qualidades para ressaltá-la e seus defeitos para melhorá-los, pois é de se esperar que ela se conheça bem, afinal já convive consigo mesma há um bom tempo.

Seu estado civil é sempre interessante. Por ideias que me dariam raiva só de citar aqui, esperam que ela esteja casada. Acho que por isso, aos 30 anos, tantas estão. Outras já se sepraram – na cabeça amalucada de muitos e muitas, isso não importa, o que importa é que ela já casou.

E tem as solteiras, essas injustiçadas que muita gente insiste em crucificar porque não casou, como se casar fosse a maior vantagem do mundo. O bom é ver os/as idiotas tentando entender porque uma mulher chegou aos 30 sem casar: ou ela é feia, ou é chata – burra não é, porque mulher burra arranja marido fácil -, ou maluca, ou é lésbica, etc.

A questão do casamento é das principais que, para mim, deixam a mulher de 30 anos tão interessantes e os homens de 30 anos tão desinteressantes. Eles não tem que explicar porque decidiram não ter filhos, porque só pulam de namorada em namorada e não casam e nem porque decidiram pensar em casamento só depois de se firmar na carreira. Elas, a meu ver, por terem que lidar com esse tipo de estupidez – e por que não dizer que as mulheres lidam com ela desde que nascem – se transformam, se apuram. Ficam sensíveis e objetivas. Elas são demais!

Uma das coisas mais erradas que você pode fazer é compará-la a uma mulher de 20. O homem de 30, com toda a sua insegurança e baixa autoestima cultivadas junto com a barriga de chop, geralmente temem se arriscar com essas divinas criaturas. Muito bobos, não sabem o que estão perdendo. (Dizem que tem surgido uma esperança para eles, que o homem do século XXI está repensando esses conceitos, estou na torcida).

A mulher de 30 tem andando perto de mim há muito tempo e ela sempre foi minha amiga. Eu sempre a admirei. Ela possui todo o meu respeito e admiração. E não se deixem abater por bobagens. Balzac escreveu “A mulher de 30 anos” e não de outra idade porque vocês já tem o que contar e com a possibilidade de viver novas histórias.

Anúncios

5 comentários em “A MULHER DE 30 ANOS

  1. Notempo
    29 de maio de 2014

    Também estou muito na torcida pela mudança de atitude do homem moderno. Não apenas por mim que já tenho quase 30. Mas, principalmente porque tenho observado uma nova geração de mulheres que os desafiam. A quem eles não conseguem e nem tentam alcançar. O resultado é muita solidão por aí ou relacionamentos que não deveriam existir, mas que existem apenas para tapar buraco. E devo dizer que adorei a descrição da mulher de 30. Ela é mesmo fascinante.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Angel Andrina
    29 de maio de 2014

    daqui a pouco teremos que falar das de 40! tem dois anos para estudar o caso.

    Curtido por 1 pessoa

  3. João Neto
    18 de junho de 2016

    De fato, mulheres de 30 são mais maduras e interessantes…

    Pena que o corpo parece ter validade de 30 anos, a aparência aos 30 costuma se tornar absurdamente menos interessante que aos 25,,,

    Curtir

Deixe sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 29 de maio de 2014 por em História, Memórias e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: