Eu tô ficando é velho, não é doido não!

idades, crise, felicidades, prazeres, tempo e 30 anos.

QUE MORTE HORRÍVEL PARA CORA

2shj5j

Chegou o momento final da vilã Cora em IMPÉRIO e só um pensamento pipoca na cabeça da gente: que morte horrível a dessa personagem. E não estou me referindo à morte pela bala que mataria o Comendador, a qual ela pulou na frente como última demonstração do seu amor e da sua loucura; mas ao meme quando dizemos que alguém chegou ao fundo do poço e da degradação. E nesse sentido, ela foi horrível mesmo.

Antes da novela estrear, uma grande expectativa se formou sobre Cora. Primeiro porque ela seria interpretada por ninguém menos que Drica Moraes, uma atriz excelente que ainda não havia tido a chance de um personagem à altura do seu talento, segundo porque ela seria interpretada na primeira fase da história por Marjorie Estiano e os sites de fofoca antecipavam que ela estava muito bem no papel. O autor prometeu uma língua ferina e nenhum escrúpulo, maldade pura capaz de separar sua irmã e o amante por pura inveja da felicidade que a virgem nunca sentira, sentimento que a fez ser comparada a Perpétua de TIETA. E nem Marjorie, nem Drica, decepcionaram. Ambas deram um show de interpretação, fazendo arrepiar todos os cabelinhos só com o olhar de Cora para sua desafortunada irmã e para toda a família. Como esquecer a cena dela falsificando uma carta com a letra da irmã que está morrendo na sua frente ao invés de tentar salvá-la e, diante do corpo sem vida, riso e lágrimas saem ao mesmo tempo.

Passadas as primeiras semanas de deslumbramento, Cora se perdeu no andamento da novela. Suas maldades ganharam uma pitada cômica que nem a faziam uma vilã engraçada como Altiva de A INDOMADA, nem causava horror como Nazaré de SENHORA DO DESTINO. Ela patinou em um e em outro e não acertou em nenhum. A principal razão dela ter perdido a força foi o ridículo que se tornou a questão da sua virgindade. Cora se tornou uma vitalina que cheira cueca de marmanjos e que troca de objeto de desejo a cada oportunidade que aparece. Começou com o Comendador, mas passou pelo Robertão, o lobisomem ladrão de bolsas e até o José Pedro sem obter sucesso com nenhum.

Espero que eu não seja processado por esta foto rs

Espero que eu não seja processado por esta foto rs

Quando não estava tentando transar com alguém, a cobra estava tentando dar algum golpe e ganhar dinheiro fácil, só que o sucesso nessas missões era o mesmo que na anterior: nada vezes nada. Ela armava o plano em um cenário com uma luz lúgubre e uma trilha sonora de suspense ao fundo. Na hora de executar, se atrapalhava, derrubava alguma coisa, se trancava no banheiro e só saía no dia seguinte, passando vergonha diante de todos os outros. Não dava para entender como a mulher que teve o sangue frio de destruir o amor da sua irmã, colocando sobre ela uma falsa capa de proteção, agora não conseguia dar mais nenhum golpe direito. Até que ela começou a matar pessoas e a ter que esconder os corpos, o que deixava tudo ainda mais esquisito, pois isso ela conseguia fazer com competência, mas, algumas vezes, só fazer um acordo para contar algo que ela descobriu em troca de uma grana, não conseguia ser feito. Não fazia muito sentido.

A posição da personagem fica ainda mais triste quando lembramos que, de toda a sua história, o que mais chamou atenção do público foi um acidente. Uma estafa de Drica Moraes a afastou da novela, causando um rombo na trama e a volta de Marojorie Estiano para o papel com a justificativa de um procedimento de rejuvenescimento de última hora. Isso serviu para atrair mais atenção para a novela e para consagrar Marjorie no coração de Aguinaldo Silva (ele a agradeceu no twiter por ter aceito em cima da hora reassumir o papel e disse que pelo trabalho bem feito ela terá para sempre papel nas novelas dele) e diante de todos, pois ela manteve o nível de interpretação de Drica.

Só posso dizer que o verdadeiro posto de grande vilã da novela é de Maria Marta, esta sim é tudo o que Cora não foi e muito mais. Todo parágrafo desse texto que eu escrevia um ponto negativo no papel de Cora, eu terminava mostrando como Maria Marta o fez lindamente, mas acabei apagando essas partes pois o tema é a despedida da imaculada, aliás, que parece não morrerá tão imaculada assim. Zé Alfredo andou lá pelo hospital e talvez realizou o sonho da moça lhe dando uma noite de amor… enquanto a mesma está em coma. Se for verdade, deve ter sido lindo… #sqn

Bom, no fim é isso. Uma boa virgem má fica para uma outra vez, Aguinaldo.

Anúncios

2 comentários em “QUE MORTE HORRÍVEL PARA CORA

  1. Notempo
    25 de fevereiro de 2015

    Complicada a trajetória de Cora. Eu também esperava muito mais. Faz o post falando da Maria Marta depois. E comenta sobre as maldades da Carmem também, ela vem se destacando muito. Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: A IMPERATRIZ DA IMPÉRIO | Eu tô ficando é velho, não é doido não!

Deixe sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 25 de fevereiro de 2015 por em Novela, TV e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: