Eu tô ficando é velho, não é doido não!

idades, crise, felicidades, prazeres, tempo e 30 anos.

UMA VERDADE SECRETA: VERDADES SECRETAS É LEGAL

foto1VS

O primeiro capítulo de Verdades Secretas não prometia nada de mais. Ótimos takes, falas bem bleh!, nenhuma sutileza e um final pra lá de óbvio. Decidi logo deixar pra lá e ir caçar uma louça pra lavar. Mas aí, me lembrei dela essa semana e fui conferir o que estava acontecendo. Não é que ela ficou legal?

Eu havia esquecido a maior qualidade do novelista Walcyr Carrasco, escritor da novela das onze. Ele é o rei de criar tipo carismáticos. Não tem jeito, você gosta de todo mundo das novelas dele. Mesmo que o texto não seja brilhante, as situações super clichês, as histórias bem óbvias, porém seus personagens são sempre pessoas legais de você conviver. Eles têm bordões e trejeitos que te divertem naqueles cinquenta minutos que passam na tua casa e te provocam uma lembrança boa ao longo do dia. Sem contar que nesse horário, Carrasco está de volta à sua forma do tempo de Xica da Silva, com personagens que você gosta e odeia, dependendo da cena, e que a sua falta de sutileza quebra as pernas do telespectador por conta dos temas que toca.

A patricinha-teenager-modelo-book rosa-amante do namorado da dona da agência, Giovana, tanto choca quanto impressiona na sua fixação em trazer o assunto sexo à tona em toda conversa, nem que pra isso ela faça uso dos trocadilhos mais pobres. Isso poderia depor contra a personagem, mas se você lembrar que ela só tem 16 anos e que foi criada pelo maníaco sexual Alex (Rodrigo Lombardi) – isso mesmo, o Alex é um maníaco sexual e o fato dele ser super bonito não o diferencia dos caras que queremos afastar das nossas garotas com as campanhas contra a violência sexual –, as barbaridades que ela fala se tornam compreensíveis. E até divertidas, em se tratando de dramaturgia.

Arlete, a.k.a. Angel, é a mocinha de menor torturada pela situação em que se meteu. Linda, sonhava em ser modelo e convenceu a mãe a apoiar seu sonho. Dentro do mundo da moda, se viu diante da possibilidade de fazer “book rosa”– ou como muito bem disse Rita Cadilac, “book rosa nada, eu fazia era prostituição mesmo” (veja aqui) -, com a curiosidade típica da adolescência, sem consciência das consequências dos seus atos. Foi parar nas mãos de Alex, se viu apaixonada pelo cliente, que lhe disse na lata que ele jamais se apaixonaria por ela, pois se a quisesse, era só pagar por ela. Então, revoltada, dá um basta nas “atividades comerciais” com o senhor, deixando-o maluco a ponto dele ir atrás da mãe dela, Carolina, seduzindo-a e casando com ela só para ficar perto da garota. Antes de jogar pedra no Carrasco pelo horror da situação, lembre-se que o protagonista de Lolita, de Vladimir Nabokov, fez a mesma coisa.

foto2VS-horz

A lista das personas interessantes continua: Fanny Richard, Anthony, Larissa, Hilda, Eziel, Leo, Pia, Fábia, Lourdeca e Visky. Aliás, Carrasco está virando um mestre nos personagens gays e parece que seu Félix tem lhe dado cada vez mais coragem de pintá-los com cores tão fortes quanto a sua presença e personalidades. Visky é show e quebra o andamento normal da novela.

Tá tendo aborto, vício em drogas, adultério, abuso de menores, bullying e mais uma porrada de temas espinhentos e que são ótimas matérias primas para uma boa novela. O autor, semanas antes da estreia, já garantiu que todo mundo que “cometeu pecado” vai ser castigado, numa tentativa de frear a rejeição criada pela novela Babilônia. Não dá para dizer que ele fez errado. Só acho que o problema maior da novela das 9 é que ela é, acima de tudo, muito chata.

O mais engraçado é ver que as mesmas pessoas que desligaram suas TVs por conta do beijo da Fernanda Montenegro e da Nathália Timberg, são as mesmas que nas rodas dizem:

-Ah, mas com o Rodrigo Lombardi, até eu fazia book-rosa.

– Pois eu fazia era de graça.

– Tudo bem, ele casou com minha mãe, mas né, é o Rodrigo Lombardi, não dá para dizer não.

– Tomara que ele fique com a Angel no final. Ele está apaixonado por ela e ela por ele.

NÃO! Ele não é apaixonado por ela. Ele é um molestador que usa agências de modelos para pagar pelo seu gosto e seu gosto são meninas de menor.

NÃO! Ela não é apaixonada por ele. Ela está presa em uma ratoeira criada por esse homem e, como a esmagadora maioria das vítimas de abuso, ela pensa que não pode denunciá-lo para ninguém, pois vão culpá-la por estar naquela situação.

E SIM! Walcyr Carrasco está certíssimo de colocar essa situação em uma novela para o conhecimento geral e para a sociedade brasileira se ouvir quando algo assim é retratado na TV. Pois o verdadeiro horror não é quando isso acontece na novela, mas como acontece à nossa volta e a gente não sabe como agir, cegos diante da beleza do Rodrigo Lombardi.

Anúncios

Um comentário em “UMA VERDADE SECRETA: VERDADES SECRETAS É LEGAL

  1. Pingback: DO FIM DE VERDADES SECRETAS OU O ULTRA REALISMO ESTÁ MORTO | Eu tô ficando é velho, não é doido não!

Deixe sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 16 de agosto de 2015 por em Novela, TV e marcado .
%d blogueiros gostam disto: