Eu tô ficando é velho, não é doido não!

idades, crise, felicidades, prazeres, tempo e 30 anos.

A REGRA DO JOGO É NÃO PERDER 1 CAPÍTULO

a-regra-do-jogo_08

Como bem anunciou a Marrom, O SOOOOOOOOOLLL está brilhando outra vez. Finalmente, A REGRA DO JOGO, a nova novela de João Emanuel Carneiro, começou e como ele bem prometeu (faço o primeiro capítulo como se fosse o último), o capítulo tinha cara de auge da história. É por isso que ele lasca com a vida de nós todos…

Quem viu o primeiro capítulo de AVENIDA BRASIL lembra bem o que foi. Eu terminei segurando na mão, de tensão, do meu amigo que fez a besteira de estar ao meu lado no momento. A gente só conseguiu olhar um pro outro e dizer:

– Que merda, agora a gente vai ter que assistir até o final!

O capítulo foi ótimo, bem direto na apresentação dos personagens. Numa entrevista que deu nesse final de semana, João Emanuel citou Brecht (escritor teatral) ao dizer que “quem tem fome não pode ter moral”, e foi isso que ele fez. Mostrou a fome de cada um dos personagens: Cauã tem fome de vingança; Giovanna a.k.a. Atena tem fome das coisas boas do dinheiro; Vanessa Giácomo tem fome de justiça; Suzana Vieira tem fome de dinheiro e do seu filho; Cazarré tem fome de bailarina e de funk; e Alexandre Nero tem fome de… de que? Essa é a verdadeira pergunta da novela.

1007030-romero-romulo-alexandre-nero-entra-950x0-3

Nas suas obras às 19h, João Emanuel colocou a luta entre o bem e o mal muito bem definida. Preta era boa, Bárbara era má; Leona era má e Bel era boa. Quando passou para o horário das 21, ele foi mais longe e não disse para o telespectador quem era bom e quem era mal, e pagou um preço por isso. Em A FAVORITA, foi preciso antecipar um pouco essa revelação, porque o público não estava pronto para algo assim, mas depois de uns dois meses se soube que Flora era má e Donatela era boa. Na saudosa AVENIDA BRASIL a coisa ficou pior, porque todo mundo sabia que a Nina era boa, mas quem diabos gostava dela ou torcia para as coisas que ela fazia contra a Carminha? Quase ninguém. E é agora que chegamos a A REGRA DO JOGO, a primeira novela “masculina” do autor. Nela, não há mocinho e vilão.  Romero Rômulo, o protagonista, é os dois. O embate é dentro dele próprio. Dentro dele, Nina e Carminha, Flora e Donatela, etc, estão se engalfinhando. Tóia e Atena são apenas representações concretas do que acontece no seu interior. Ouso até prever que o grande momento no meio da novela será a revelação do seu segredo – e o de todos nós: existe maldade dentro do homem, mas ele quer ser uma boa pessoa. A segunda parte da história poderia ser, analisando as outras histórias de João Emanuel, a gente descobrindo o que aconteceu com este homem para ele ser um homem cindido, partido em duas partes tão fortemente antagônicas.

Agora, um capítulo aparte que se chama Giovanna Antonelli. Já quero que ela case com o Alexandre Nero e sejam felizes para sempre no final no lixão da Mãe Lucinda. E já quero dar na cara dela porque, não sei se você notou, mas ela tem um tique que eu odeio. Desses de gente que fala coisas horríveis e em seguida olha para sua cara e diz “KKKKKKKKK Brincadeira” (vocês notaram que ela fez isso algumas vezes? Será um novo bordão?). Nossa, essa gente que é podre e acha que conserta o que disse mandando no wattsapp em seguida “rsrsrs”. E, para quem não sabe, essa trambiqueira é uma ex-garota de programa que veio da CEILÂNDIA (#chupaplanopiloto).

1giovanna-antonelli-atena a regra do jogo

Escrota! KKKK. Brincadeira ❤

Sem contar que fiquei muito feliz em ver que a “caixa cênica” funcionou. Tudo pareceu mais natural, mais verdadeiro e, mesmo assim, ainda belo. Nem pareceu novela – pelo menos eu achei. Tava muito com cara de série, no bom sentido da expressão. Amora Mautner marcou vários golaços ontem.

Eu sempre espero uma semana para fazer um post sobre novela nova, mas essa, eu não resisti. Sem contar que uma simples mensagem do casal lindo Ana e Ragnar me deu um bom pontapé na atitude de fazer. Só sei que a partir de agora, toda noite, antes de dormir, eu vou rezar citando a Marrom na abertura da novela: Meu Deus, quero ter olhos pra ver, não a maldade desaparecer, mas a novela A REGRA DO JOGO.

Anúncios

3 comentários em “A REGRA DO JOGO É NÃO PERDER 1 CAPÍTULO

  1. Notempo
    1 de setembro de 2015

    Fiquei sem folego também vendo esse primeiro capítulo. O pior foi o twitter cair quando eu tava cheia de comentários pra tecer. Hahahahaha. Reparei demais nessa tique da Giovana/Atena. Shippo muito ela o Nero pra ontem. Isso tá me cheirando a sucesso avassalador. Espero que eu esteja certa. Beijos, Ítalo!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Ragnar Paz
    1 de setembro de 2015

    Ótimas observações meu caro… Bom saber que forçamos a barra da tua programação do post sobre início de novela. Mas essa mereceu e merece.

    Tenho minhas observações para completar a tua análise, adoro personagens com essa pegada de anti-herói (coisa de fã de quadrinhos, aonde eles ocorrem aos montes), e hoje o finado comendador (sim, como você escreveu, foi morto e sepultado ontem) é o único capaz de fazer esse tipo de personagem com maestria.

    Agora estou louco para ver o resto da produção, a trilha sonora promete, nossos vizinhos da Scalene com Danse Macabre de tema do RR, e Alabama Shakes de tema da ALOUCA Atena quase me fizeram chorar de alegria. E a abertura? E aquele vozeirão da Marrom?…

    Tem muito mais por vir e depois de muito tempo finalmente tenho certeza que verei com prazer uma novela do início ao fim. Parabéns aos envolvidos, pq conseguiram, um capítulo e fizeram eu garantir a minha audiência.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 1 de setembro de 2015 por em Sem categoria.
%d blogueiros gostam disto: